8 Dicas para alcançar a Privacidade Online

A Internet afeta quase todos os aspectos de nossas. Somos capazes de fazer compras, depositar dinheiro, conectar-nos com familiares e amigos e gerenciar nossos registros médicos on-line. Essas atividades exigem que você forneça informações de identificação pessoal, como nome, data de nascimento, números de conta, senhas e informações de localização.Pensando nisso, no artigo de hoje trouxemos algumas dicas que poderão garantir sua segurança ao compartilhar informações pessoais online, reduzindo assim, o risco de você se tornar uma vítima de crimes cibernéticos:Habilite a autenticação multifator (MFA) para garantir que a única pessoa que tenha acesso à sua conta seja você. Use-a para e-mail, banco, mídia social e qualquer outro serviço que exija login. Se a MFA for uma opção, ative-a usando um dispositivo móvel confiável, como seu smartphone, um aplicativo autenticador ou um token seguro – um pequeno dispositivo físico que pode ser conectado ao seu chaveiro.

Considere usar a senha mais longa permitida. Seja criativo e personalize sua senha padrão para sites diferentes, impedindo que criminosos cibernéticos obtenham acesso a essas contas. Use gerenciadores de senhas para gerar e lembrar senhas diferentes e complexas.

Mantenha suas configurações de segurança atualizadas para garantir a segurança de suas informações. Ativando as atualizações automáticas você pode tornar o processo ainda mais simples, e ainda é possível definir verificações regulares.

Seja em seu computador, smartphone ou outros dispositivos de rede, a melhor defesa contra vírus e malware é atualizar para o mais recente software de segurança, navegador da web e sistemas operacionais. Configure atualizações automáticas, e proteja seus dispositivos com software antivírus.

Os cibercriminosos usam táticas de phishing na esperança de enganar suas vítimas. Se você não tiver certeza de quem é um e-mail, mesmo que os detalhes pareçam precisos, ou se o e-mail parecer suspeito, não responda e não clique em nenhum link ou anexo. Quando disponível, use a opção “Lixo eletrônico” ou “Bloquear” para não receber mais mensagens de um remetente específico.

Limite as informações que você publica nas mídias sociais – desde endereços pessoais até onde você gosta de tomar café. O que muitas pessoas não percebem é que esses detalhes aparentemente aleatórios são tudo o que os criminosos precisam saber para atingir você, seus entes queridos e seus pertences físicos – on-line e no mundo real. Mantenha privados os números de segurança social, números de conta e senhas, além de informações específicas sobre você, como nome completo, endereço, data de nascimento e até planos de férias. Desative os serviços de localização que permitem a qualquer pessoa ver onde você está e onde não está, a qualquer momento.

Seu dispositivo móvel pode ter aplicativos suspeitos sendo executados em segundo plano ou que estão usando permissões padrões para reunir suas informações pessoais sem o seu conhecimento e colocando em risco sua identidade e privacidade.

Verifique as permissões do seu aplicativo e use a “regra de menor privilégio” para excluir o que você não precisa ou não usa mais. Faça o download apenas de aplicativos de fornecedores e fontes confiáveis.

Antes de conectar-se a qualquer ponto de acesso público sem fio, como em um aeroporto, hotel ou café, confirme o nome da rede e os procedimentos de login exatos com a equipe apropriada para garantir que a rede seja legítima. Se você for usar um ponto de acesso público não seguro, evite realizar atividades confidenciais (por exemplo, serviços bancários) que exijam senhas ou cartões de crédito. Seu ponto de acesso pessoal geralmente é uma alternativa mais segura ao Wi-Fi gratuito. Use apenas sites que começam com “https: //” ao fazer compras ou serviços bancários online.

Eleve a segurança de sua corporação com a Wider Solutions. Entre em contato com um de nossos profissionais e adquira a melhor solução em segurança cibernética para a sua empresa:

 

Compartilhe:

Fale Conosco

*campos obrigatórios